quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

O DEPOIS

Há tempos não amavam tanto,
Viviam tristes, em pranto,
Cada um em seu recanto,
Entregues a um encanto.

O encontro foi perfeito,
Ela delitou-se no seu peito,
De falar não tiveram tempo,
AMOR foi a palavra do momento.

Um entregue ao outro,
Vivendo a cena de um sonho,
Amor perfeito vindouro.

No amor que viverão
Depois do sonho concretizado
Que seja eterno, realizado.

David Júnior
Brejo Santo - CE

5 comentários:

Educaluzzs disse...

David Junior - Fico encantado com seu lirismo, você poderia utlizar seus belos versos românticos em músicas, e ser com o poeta Zé Santana, não é a força da gravidade, mas atrai todos para o eixo centro da comunicação e viva expressão. Você falou que amor palavra do momento, eterno realizado, eu respondo: - O amor é momento feliz, nunca eterno, é o bem arrumado, da alma em alegria, é feliz fantasia, como disse o grande poeta Cazuza: " O nosso amor a gente inventa.", o importante de quem ama é deleitar-se no momento presente, porque o futuro pertence a DEUS, um abraço, ZS>>>

Kil Cavalcante disse...

Haha, caro David, creio que já sabes bem quem foi a minha inspiradora, eu sempre busco uma, quando em versos românticos caio com a imaginação e sentimento.
Obrigado, abraços. E vê se escreve mais algo logo.

Magna Santos disse...

E o depois do depois? Cadê a produção?
Abraço.
Magna

Hérlon Fernandes Gomes disse...

Obrigado pelas visitas ao Arqueologia! Estou sentindo falta de suas atualizações no ESCRITOS: FRUTOS DA INSPIRAÇÃO!

David Jr. disse...

Obrigado Hérlon!
Irei atualizar o blog!
Abraço.